COMUNICADO nº 87 | Ano 2021

Prezado cliente
 
Sugerimos a leitura atenciosa do COMUNICADO nº 87 | Ano 2021
Você pode acessar também através do QR Code abaixo:

Importante: responsável legal pela empresa, não deixei de repassar este COMUNICADO aos demais funcionários da empresa.

Sales & Sales Assessoria Contábil e Empresarial
=========================================
Notificação por E-mail pelo DA
Publicado no Blog, Facebook (fanpage)
Twitter e Instagram
=========================================

Covid-19: Estado de SP só terá serviços essenciais no Natal e Ano-Novo

Covid-19: Estado de SP só terá serviços essenciais no Natal e Ano-Novo
 
O governo de São Paulo anunciou que todo o estado terá “medidas restritivas específicas” contra o coronavírus entre os dias 25 a 27 de dezembro e 1° a 3 de janeiro. Na prática, as medidas serão de “fase vermelha”, com o funcionamento apenas de comércios essenciais, como farmácias, padarias e mercados, o que restringirá o funcionamento de restaurantes e bares.
 
O evento não contou com a presença do governador João Doria (PSDB), que está afastado por dez dias para “ficar com a família”.
 
Oficialmente, a região de Presidente Prudente regrediu para a fase vermelha por tempo indeterminado. Foi divulgado também que a próxima classificação das fases vai acontecer no dia 7 de janeiro – nenhuma região, no entanto, voltará para a cor verde. “É muito importante que todos nós façamos a nossa parte e a gente precisa lembrar que não estamos no momento de festas nem de aglomerações. É nesses momentos que esse risco de descontrole da pandemia acontece e o mundo inteiro agora está aplicando medidas específicas nesse momento. São Paulo sempre se diferenciou do resto do Brasil por honrar o seu compromisso de tomar as decisões no momento necessário e é isso que estamos fazendo agora. disse Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico do estado. Ontem, o secretário da Saúde do estado, Jean Gorinchteyn, afirmou que nas últimas quatro semanas epidemiológicas, São Paulo teve um aumento de 54% nos casos confirmados. O número de mortes, por outro lado, saltou 34% no período.
 
A nova medida indica preocupação da Secretaria de Saúde com o avanço da pandemia. O governo, que havia aumentado as restrições entre março e junho, havia iniciado a flexibilização em agosto. No dia 21 daquele mês, o governo anunciou que nenhuma região paulista estava no vermelho. Em setembro, no entanto, os sinais de que a pandemia não estava controlada fizeram o Centro de Contingência defender mais rigor nas restrições, o que foi combatido nos bastidores pela ala política do governo.
 
“Sinal para a população”
 
João Gabbardo, coordenador executivo do Centro de Contingência da covid-19 em São Paulo, afirmou que a medida serve como um “sinal para a população” diante da gravidade do aumento do surto. “É um sinal para a população de que nós estamos em uma fase bastante preocupante em relação ao número de casos e temos que mostrar para a população que a recomendação é ficar em casa. Se deslocar o mínimo possível para as atividades essenciais”, iniciou. Para o médico, manter alguns estabelecimentos funcionando transmitira a imagem de uma menor preocupação com a covid-19. “Se nós mantermos o comércio funcionando normalmente, se nós mantivermos o shopping funcionando normalmente, estaremos sinalizando para a população que estamos em situação em que nós podemos sair. Isso gera mobilização de funcionários, com eles precisando pegar transporte coletivo. Não dá para pensar somente naquelas pessoas que vão se dirigir a essas atividades, mas nós temos que pensar no que envolve tudo isso.”
 
 
Números consolidados
 
Até agora, o Estado de São Paulo registrou mais de 45 mil mortes e 1,3 milhão de casos. Segundo o governo 66,9% dos leitos de UTI estão ocupados no estado: são 10.856, 4.710 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Em todo o Brasil já são mais de de 187 mil óbitos na pandemia, com média móvel de mortes de 769, o mesmo patamar de 18 de setembro.
 
 
Fonte: UOL
As matérias aqui apresentadas são retiradas da fonte acima citada, cabendo à ela o crédito pela mesma

Comunicado – 14/12/2020 – Teste do Firewall NG

Prezado cliente
Estaremos realizando teste de invasão e detecção de intrusos no Firewall NG.
Sales & Sales Assessoria Contábil e Empresarial
=========================================
Notificação por E-mail pelo DA
Publicado no Blog, Facebook (fanpage)
Twitter e Instagram
=========================================

COMUNICADO nº 86 | Ano 2020

Prezado cliente
 
Sugerimos a leitura atenciosa do COMUNICADO nº 86 | Ano 2020
Você pode acessar também através do QR Code abaixo:

Importante: responsável legal pela empresa, não deixei de repassar este COMUNICADO aos demais funcionários da empresa.

Sales & Sales Assessoria Contábil e Empresarial
=========================================
Notificação por E-mail pelo DA
Publicado no Blog, Facebook (fanpage)
Twitter e Instagram
=========================================

Receita Federal começa a receber com Pix

Receita Federal começa a receber com Pix
 
 
As empresas que declaram débitos e créditos tributários podem quitar as contas com o Fisco por meio do Pix, novo sistema de pagamentos instantâneo do Banco Central.
 
Em parceria com o Banco do Brasil, a Receita Federal está adaptando o recolhimento de tributos à nova tecnologia, lançada no mês passado e que executa transferências em até dez segundos.
 
O novo modelo do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), principal documento de arrecadação do governo federal, passará a ter um código QR (versão avançada do código de barras) que permitirá o pagamento via Pix.
 
Bastará o contribuinte abrir o aplicativo do banco, ativar o Pix e apontar o celular para o código, que será lido pela câmera do celular.
 
Por enquanto, a novidade só está disponível para as empresas obrigadas a entregar a Declaração de Débitos e de Créditos Tributários Federais, Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos (DCTFWeb). A Receita, no entanto, estenderá o Pix para outros tipos de empregadores.
 
Ainda este mês, informou o Fisco, o código QR do Pix será incorporado ao Documento de Arrecadação do eSocial, usado por empregadores domésticos e que registra 1 milhão de pagamentos por mês.
 
No início de janeiro, a novidade será estendida ao Documento de Arrecadação do Simples Nacional, usado por 9 milhões de microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais.
 
A Receita Federal informou que, ao longo de 2021, todos os documentos de arrecadação sob sua gestão terão o código QR do Pix. Segundo o órgão, cerca de 320 milhões de pagamentos por ano são feitos por meio de documentos emitidos pelo Fisco.
 
Em novembro, o Tesouro Nacional lançou o PagTesouro, plataforma digital de pagamentos integrada ao Pix. A ferramenta dispensa a emissão da Guia de Recolhimento à União (GRU) e permite transferências instantâneas à conta única do Tesouro pelo Pix, além de pagamento por meio do cartão de crédito.
 
 
Fonte: CNN
As matérias aqui apresentadas são retiradas da fonte acima citada, cabendo à ela o crédito pela mesma

Comunicado – 06/11/2020 – Instalação de novo Firewall NG

Prezado cliente
Estaremos antecipando a instalação no novo Firewall NG em razão dos ataques de Ransomware ocorrido no últimos dias.
 
Sales & Sales Assessoria Contábil e Empresarial
=========================================
Notificação por E-mail pelo DA
Publicado no Blog, Facebook (fanpage)
Twitter e Instagram
=========================================

Ransomware: hackers cobram resgate da base de dados do STJ

Ransomware: hackers cobram resgate da base de dados do STJ
 
Criminosos conseguiram criptografar totalmente a base de dados do Superior Tribunal de Justiça (STJ) entre segunda e terça-feira desta semana (02-03), deixando a instituição às escuras. Hoje (05), técnicos do STJ encontraram um pedido de resgate com um contato dos hackers para negociação. As informações são do Bastidor.
 
A mensagem é vaga, mas dá todos os indicativos de que se trata de um ransomware, quando hackers sequestram importantes bases de dados e em seguida pedem grandes somas de dinheiro, normalmente a serem pagas em Bitcoin, para devolver o acesso à vítima.
 
 
Na mensagem em inglês, os hackers anunciam o ataque, dizendo que “todos os arquivos foram completamente criptografados”. Há, inclusive, um aviso para técnicos sobre possíveis corrompimentos de arquivos em caso de tentativas de descriptografar os servidores. Os criminosos ainda se oferecem para restaurar itens afetados.
 
 
Quem está por trás disso?
 
Ainda não existe qualquer informação oficial sobre a possível identificação dos envolvidos nos ataques ao STJ, Ministério da Saúde, Governo do Distrito Federal e outras instituições públicas. A mensagem encontrada pelos técnicos do STJ não tem indicação de valores que os criminosos desejam receber em troca da devolução da base de dados e não parece haver algum tipo de motivação política no texto.
 
Isso poderia indicar um ataque de hackers independentes, mas não é possível descartar a ação de governos estrangeiros. Tudo não passa de especulação no momento, mas episódios como os desta semana já aconteceram em países como Estados Unidos e Ucrânia e, em muitos casos, foram ataques direcionados em resposta a declarações políticas de presidentes e outros líderes.
 
O STJ ainda não se posicionou oficialmente sobre o tema.
 
 
 
Fonte: Tecmundo
As matérias aqui apresentadas são retiradas da fonte acima citada, cabendo à ela o crédito pela mesma

Ataque hacker ao STJ é o pior da história do Brasil; entenda

Ataque hacker ao STJ é o pior da história do Brasil; entenda
 
 
O Superior Tribunal de Justiça (STJ), um dos quatro tribunais superiores do País, acionou a Polícia Federal na terça-feira (3) para investigar a ocorrência de um ataque hacker aos seus sistemas. Hoje, (05), uma fonte ligada ao tribunal contou ao Bastidor que trata-se de uma situação gravíssima, com toda a base de dados do Tribunal criptografada, completamente inacessível para cidadãos e funcionários da Corte.
 
O Bastidor fala ainda que empresas terceirizadas, bem como a PF, estão tentando descriptografar os servidores do STJ, mas não parece haver qualquer indicação no momento de que os técnicos contratados consigam realizar a tarefa nos próximos dias. A situação é ainda pior porque até mesmo os backups do Tribunal foram criptografados pelos criminosos.
 
Com isso, o SJT está totalmente às escuras no momento, sem acesso a um imenso e histórico acervo de processos judiciais. O ataque é certamente o mais grave já deflagrado a uma instituição do Estado brasileiro na história do país.
 
 
O que aconteceu
 
Segundo informações do G1, um relatório da área de tecnologia da Corte, obtido pela TV Globo, revela que uma indisponibilidade do sistema ocorrida por volta das 15h da segunda-feira (02) determinou a interrupção dos julgamentos. Os técnicos do tribunal identificaram um ataque externo e passaram a avaliar a extensão dos danos.
 
A princípio, foi feita uma verificação no sistema interno de proteção de rede, mas depois os técnicos verificaram que a origem do erro era o servidor onde estão hospedados quase todos os sistemas do STJ. Somente à noite, foi detectado um arquivo com características compatíveis com um vírus, criado alguns minutos antes.
 
O relatório técnico esclarece que uma nova análise, desta vez realizada pelo suporte do fabricante dos equipamentos, confirmou que a falha ocorreu por causa “de um ataque cibernético que comprometeu a integridade dos arquivos do sistema”. Todos os sistemas da Corte estão inoperantes, incluindo comunicações por email, desde o ataque.
 
 
Providências Tomadas
 
Mais tarde, novos ataques foram descobertos, cujo destino seria a área de backup dos sistemas, segundo o documento. Foi então determinado que fossem derrubados os links de acesso à internet do STJ e o bloqueio de todos os usuários que haviam utilizado a rede nas últimas 24 horas..
 
No momento, os técnicos estão trabalhando para recuperar o sistema, através de backups armazenados em fitas. Durante a pandemia, todas as sessões de julgamento do STJ estão sendo realizadas por videoconferência.
 
O ministro Humberto Martins, que assumiu a presidência da Corte em agosto passado, enviou mensagem aos demais ministros, cancelando todas as sessões de julgamento virtuais e/ou por videoconferência, até que seja restabelecida a segurança no tráfego de dados do tribunal.
 
Martins também recomendou que ministros e servidores evitem ligar computadores, mesmo pessoais, que possuam algum tipo de conexão com os sistemas informatizados da Corte, e que até os emails sejam evitados até que a situação se normalize.
 
 
 
Fonte: Tecmundo
As matérias aqui apresentadas são retiradas da fonte acima citada, cabendo à ela o crédito pela mesma

PIX: criminosos se aproveitam do lançamento para criar 30 domínios falsos na internet e aplicar golpes

PIX: criminosos se aproveitam do lançamento para criar 30 domínios falsos na internet e aplicar golpes
 
 
No primeiro dia de cadastro das chaves Pix, na segunda-feira, quando mais de 3,5 milhões de usuários fizeram o registro no novo sistema de pagamentos e transferências, foram identificados 30 domínios falsos que se utilizam do novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central para aplicar golpes.
 
Apesar de alguns desses endereços eletrônicos ainda não estarem no ar, eles indicam que existe a intenção por parte de criminosos de usar o tema do Pix para cometer fraudes, segundo Fabio Assolini, analista de segurança da Kaspersky.
 
Entre 3 a 8 de abril, na ocasião do início do cadastramento para o auxílio emergencial, a Kaspersky identificou mais de 100 domínios falsos, o que significa uma média de 17 novos domínios por dia naquele período.
 
 
Considerando que no primeiro dia do cadastramento para o Pix já foram 30 endereços, a expectativa é que a tentativa de golpes seja ainda maior desta vez.
 
— O registro de domínios é o primeiro estágio dos golpes. Com esse domínio registrado, o criminoso vai operacionalizar o golpe, que pode ser feito de diversas maneiras. O site pode distribuir um arquivo malicioso, ou os golpistas podem criar um site falso que vai pedir as credenciais de acesso ao serviço bancário. Ou ainda uma página falsa que vai pedir dados pessoais, que são usados como chaves no Pix — explica Assolini.
 
A segunda etapa dos golpes, de acordo com o analista, é o envio de mensagens por e-mail, SMS ou até mesmo pelo Whatsapp, se passando pelo banco. É o chamado “spam”. Em geral, os criminosos utilizam os mesmos canais usados pelos bancos para se comunicar com os clientes. Nesse contato, os golpistas pedem que as vítimas cliquem em um link, que irá direcioná-los ao site falso.
 
— Tem usuário que vai bater o olho e perceber que o site é falso. Outros, não. Na dúvida, não confie no seu conhecimento. Delegue esse julgamento para um software de segurança. Quando se tem um antivírus instalado no celular ou computador, ele vai bloquear o acesso a essas páginas falsas. Hoje, os melhores antivírus do mercado são gratuitos, e aí é mais fácil estar protegido — aconselha Assolini.
 
 
Fonte: Época Negócios
As matérias aqui apresentadas são retiradas da fonte acima citada, cabendo à ela o crédito pela mesma

AVISO IMPORTANTE: Dia 09 de Outubro de 2020 NÃO haverá expediente de atendimento

AVISO IMPORTANTE: Dia 09 de Outubro de 2020 NÃO haverá expediente de atendimento

Prezado cliente

Atenciosamente

Sales & Sales Assessoria Contábil e Empresarial
=========================================
Notificação por E-mail pelo DA
Publicado no Blog, Facebook (fanpage)
Twitter e Instagram

=========================================